Categoria | NOTÍCIAS

Pecuária é destaque na região

A pecuária, na região de Araçatuba, sempre foi destaque em meio ao Estado de São Paulo, dividindo-se em duas categorias: corte e leite.

CORTE – De acordo com o Instituto de Economia Agrícola do Estado de São Paulo, desde 1940, a pecuária de corte na região e estabeleceu como a principal atividade no uso do espaço geográfico agrícola regional. Nessa época, a região era considerada a possuidora do maior rebanho bovino de corte do Estado de São Paulo.

Conforme o Lupa, a bovinocultura de corte soma 201.804 cabeças de gado, divididas entre 1720 propriedades rurais. Segundo o levantamento, Araçatuba lidera a região com 51.756 cabeças de gado de corte, correspondente a 25% do total. São mais de 330 propriedades rurais criadoras desta categoria instaladas no município.

Vale destacar também que a região de Araçatuba foi pioneira na introdução da coleta e seleção de sêmen para melhoramento genético dos nelores zebuínos, com o grupo Vicente Rodrigues (VR), que constituiu no oeste paulista, tendo Araçatuba como centralidade, um pólo de melhoramento genético e precisão de produtividade da pecuária bovina regional, nacional e internacional.

LEITE – Já a bovinocultura de leite reúne mais de 28.600 cabeças, em 839 propriedades na região, onde existem vários graus de sangue das raças leiteiras.

De acordo com o engenheiro agrônomo Claudio Mitsuo Shiota, são incorporadas basicamente raças especializadas, como o Holandês e Jersey, e também raças “zebuinas leiteiras”, como o Gir. “É uma prática que só tende a crescer”, afirma Shiota.

Fonte: Ideale Comunicação

Comments are closed.

Advertise Here
Advertise Here

Facebook

Informativo

Assine nosso Informativo.